Qual a relação entre hipertensão e doença renal crônica? | CDRB

Qual a relação entre hipertensão e doença renal crônica?

| 29 de agosto de 2018


A hipertensão faz parte da maioria das doenças renais e também é uma das principais causas da de doença renal, que a longo prazo pode levar à DRC. Para entender mais sobre os sintomas associados a essas duas condições e as principais formas de tratamento, continue a leitura!

 

O que é hipertensão arterial?

A hipertensão arterial ocorre quando a pressão arterial atinge níveis acima do normal para a idade da pessoa.

Os fluir dos movimentos do sangue para chegar até os órgãos naturalmente exerce pressão nas paredes das nossas artérias. Com a alta de pressão, nossas artérias, podem acabar sofrendo lesões e comprometer a passagem de sangue para alguns órgãos, como os rins.

Na maior parte dos casos, a pressão alta não está associada a uma causa específica e às vezes nem apresenta sintomas, mas alguns fatores podem aumentar as chances:

O que é hipertensão renal?

Da mesma forma que a pressão alta pode levar à insuficiência renal, a doença renal crônica também pode ser uma causa para a hipertensão. Quando isso acontece, ela ganha o nome de hipertensão renal.

A hipertensão renal é semelhante à hipertensão “clássica”, com uma elevação na pressão arterial. 

 

Cálculo renal influencia na pressão?

A princípio, o cálculo renal não tem influência na alteração da pressão arterial. Em situações de dor intensa, causada pelo deslocamento dos cálculos, a pressão pode acabar elevando-se.

Se porventura, a doença dos cálculos for muito importante, pode haver diminuição do funcionamento renal, com consequente elevação da pressão arterial.

 

Como prevenir a hipertensão e a doença renal?

Nem sempre um caso de hipertensão significa uma doença renal, mas é uma possibilidade. Se você já sabe que os níveis de sua pressão arterial são elevados, o mais indicado é consultar com um de nossos nefrologistas e fazer alguns exames para avaliar o estado de funcionamento dos seus rins.

Nos pacientes que já possuam doença renal, é possível apresentar uma elevação da pressão arterial sob dietas com mais de 3g/dia de sódio. Quando esses pacientes diminuem o sódio da dieta, há uma queda significativa da pressão arterial, às vezes até possibilitando diminuir a quantidade das medicações usadas para controle da pressão.

Portanto, como a pressão alta pode não apresentar sintoma, é preciso ficar atento às consultas e exames de rotina.  Aqui na CDRB, temos uma equipe multidisciplinar pronta para cuidar de você por inteiro!

 

Marque uma consulta!

Baixe agora

E-BOOK DE RECEITAS RENAIS

Paciente renal pode ter uma dieta apropriada e gostosa sim!