A carne vermelha e a doença crônica renal | CDRB

Carne vermelha e a doença renal crônica

| 2 de agosto de 2018


Dentre os diversos alimentos fontes de proteína, a carne vermelha recebe destaque pela sua grande participação nas refeições do dia a dia. Esta proteína possui uma variedade de nutrientes que são essenciais ao corpo e que contribuem para uma alimentação saudável e equilibrada. Entretanto, o seu consumo em excesso pode trazer complicações que interferem na saúde dos rins. Para saber mais à respeito, continue a leitura!

Um artigo publicado na revista American Journal Of Clinical Nutrition, demonstrou evidências de que o consumo elevado de carne vermelha pode resultar em maiores riscos de desenvolver alguns tipos de câncer renal.

O estudo realizado com milhares de americanos nos EUA, concluiu que adultos de meia-idade que consumiam quantidades excessivas de carne vermelha, tinham 19% a mais de probabilidade de serem diagnosticados com câncer nos rins quando comparados àqueles que tinham um consumo moderado.

A maioria dos americanos consome mais proteína do que o necessário, em especial, na forma de carne. Diante de tal, os resultados apresentados pelo estudo demonstram que o consumo excessivo de proteína, com ênfase na carne vermelha, pode levar à disfunção renal.

Sendo assim, é importante manter um acompanhamento com um nutricionista para saber quantos gramas de proteína você poderá ingerir por dia.

 

Somos pessoas cuidando de pessoas. Nosso foco é promover mais qualidade de vida no tratamento de pacientes renais.

Baixe agora

E-BOOK DE RECEITAS RENAIS

Paciente renal pode ter uma dieta apropriada e gostosa sim!