logo CDRB

Por que não devo me automedicar?

| 29 de agosto de 2018


A automedicação é a utilização de medicamentos por conta própria, para tratamento de doenças cujos sintomas são “percebidos” pelo usuário, sem a avaliação prévia de um profissional da saúde.

Dizem que “de médico e louco todo mundo tem um pouco”, várias são as circunstâncias que propiciam a automedicação: como a necessidade de alívio imediato dos sintomas, falta de informação sobre os medicamentos, acesso a medicamentos sem receita, maus hábitos culturais, dificuldade de acesso ao médico e aos serviços de saúde, propaganda de medicamentos e informações obtidas na internet ou em outros meios de comunicação, utilização de sobras de medicamentos guardados no domicílio, compartilhamento de medicamentos com outros membros da família ou vizinhos, reutilização de antigas receitas e descumprimento da prescrição profissional, prolongando ou interrompendo precocemente a dosagem e o período de tempo indicados na receita.

Todo medicamento na prescrição médica é individualizada para as características de cada paciente. A prática da automedicação pode promover o mascaramento de condições clínicas severas, dificultando diagnósticos e tratamentos precoce, intoxicações, insensibilidade ao medicamento, danos para a saúde com efeitos colaterais indesejados, interações medicamentosas e dependência química.

A dose correta é o que diferencia um veneno de um remédio. Uma dose acima da indicada, administrada por via inadequada ou para fins impróprios, pode transformar-se em algo perigoso. O uso indiscriminado de medicamentos tornou-se uma das grandes dificuldades enfrentadas pela saúde no âmbito mundial, com grandes proporções e repercussões que exigem dos profissionais de saúde um longo e complexo trabalho na reeducação dos praticantes para que o façam de modo racional, seguro e responsável.

Portanto, se perceber algum sintoma, procure um médico! Nós da CDRB estamos prontos para te acolher e cuidar da saúde do seu sistema renal, com o medicamento mais indicado para a sua situação.


Assuntos relacionados

Os tratamentos possíveis para a Doença Renal Crônica

Os aspectos emocionais da doença renal

Estilo de Vida | 18 de setembro de 2018
Quais são os direitos do paciente renal crônico?

Os direitos do paciente renal

Estilo de Vida | 18 de setembro de 2018

Nossa revista

Novidades, dicas, eventos e as pessoas que fazem a CDRB estão aqui! Baixe agora a última edição da nossa revista e venha conhecer de perto o que aconteceu nos últimos meses!